Campanha de Luta Por Vida Digna – 2021

Editorial do Repórter Popular.

Um ano desde que a pandemia se alastrou em nosso país. Nossas condições de vida, que já estavam ruins, agora beiram o insuportável.

Um ano que choramos nossos mortos, que buscamos emprego, que vemos o preço dos alimentos aumentar sem parar. Os governos e os poderosos não nos dão solução, nada é feito para evitar a morte do nosso povo, para sanar a nossa fome, para dar qualquer perspectiva de melhores condições de vida para a população.

Já está mais que claro que para os que estão no poder não interessa quantos morram. Nossas vidas são descartáveis! Para os de cima, somos mão de obra barata e apenas mais um número na contagem de mortos do dia.

Esquecem que somos nós, trabalhadoras e trabalhadores, que fazemos o mundo girar. Que é a força dos nossos corpos que produz toda a riqueza que existe no mundo. Nossa luta nunca parou, e sabemos a força que temos!

É com essa indignação e rebeldia que damos continuidade à Campanha de Luta por Vida Digna neste difícil ano de 2021. Não temos mais tempo a perder, nossa luta é urgente, desesperada e justa. EXIGIMOS VIVER!

Durante esses meses de pandemia, a Campanha de Luta por Vida Digna veio atuando em todo o território nacional com os de baixo, seguindo os princípios de solidariedade, apoio mútuo e ação direta. Enquanto povo forte e combativo, sabemos o que é necessário para superar essa crise, para defendermos nossa vida! E por isso o enfoque neste momento é na questão da SAÚDE e da RENDA.

É urgente a manutenção de um auxílio financeiro para trabalhadores e microempreendedores, que têm sofrido diretamente com o crescente desemprego, precarização de seus trabalhos e queda na renda! Seguimos pautando as dispensas remuneradas e suspensão ou negociação de aluguéis, dívidas e penas, bem como o direito à renda básica e digna de forma permanente, para garantir a sobrevivência da população, especialmente em tempos de crise.

Exigimos um plano de vacinação popular e em massa, que garanta a proteção de toda a população o quanto antes! Que o controle das vacinas seja exclusividade do SUS e que haja expansão dos investimentos em pesquisas desenvolvidas nas universidades e institutos de pesquisa públicos, que têm se mostrado essenciais para o enfrentamento da pandemia. Junto a isso demandamos medidas efetivas para conter o avanço da pandemia, que após um ano se apresenta em seu pior cenário no Brasil, e o colapso de nossos sistemas de saúde. Por fechamentos efetivos e planos de contingência eficazes, com garantia de renda para o povo e que viabilizem segurança sanitária para o funcionamento de serviços não-essenciais e para o retorno seguro de atividades em escolas e universidades.

Como trabalhadores, estudantes, desempregadas e desempregados, militantes e lutadoras e lutadores populares, jovens de periferia e do campo, gente que vive do seu trabalho e não aceita as condições horríveis que lhes são impostas, estamos organizadas e conclamamos todas as pessoas a seguirem se organizando e lutando por SAÚDE E RENDA!

QUEREMOS VIVER!
QUEREMOS VACINA URGENTE PARA O POVO E FECHAMENTO COM AUXÍLIO DIGNO!

NOSSA FORÇA MOVE O MUNDO, LUTAMOS POR VIDA DIGNA!
Campanha de Luta por Vida Digna
Março de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *